Um Homem de Família

The Family Man (2000 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Você já se perguntou o que teria ocorrido se tivesse tomado uma decisão diferente num momento crucial? E se você tivesse a chance de experimentar a outra opção, saber quais rumos sua vida teria tomado? O filme dá esse privilégio a Jack Campbell (Nicolas Cage). Meio de sopetão é verdade, sem explicar as regras, mas dá. Jack vive uma vida de luxo como um executivo prestigiado em Wall Street. Um homem estritamente capitalista, só tem olhos para: trabalho, dinheiro, carro e mulheres. Acredita ter tudo que alguém possa ter. Despreza qualquer tipo de sentimento, desapego a relações social, marcar reuniões até no almoço de Natal.

Só que, há treze anos, ele teve uma grande decisão a tomar: ir para a Europa ou ficar com sua namorada Kate (Téa Leoni).  Obviamente que o milionário arrogante escolheu a Europa. Eis que numa noite, Jack deita-se para dormir e quando acorda a sua decisão tinha mudado. Agora ele era casado, dois filhos, vida de classe-média regulada. O orçamento? Contado milimetricamente. Trabalhando como o sogro, vendendo pneus no varejo.

A primeira reação é de transtorno, não acreditar no que estava lhe acontecendo. Sem opção, o jeito é encarar o dia-a-dia, até o momento em que possa medir a importância de pontos que não considerava até então. E agora qual das duas vidas é melhor, é possível voltar atrás? A tolice romântica-familiar, e prato cheio para diversão do público em geral é dirigida por Brett Ratner.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s