Infidelidade

infidelidadeUnfaithful (2002 – EUA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

O casamento perfeito, tão perfeito que se torna monótono, vida mecânica em família. Num dia qualquer a esposa, Connie Sumner (Diane Lane), que estava fazendo compras em Manhattan, é subitamente derrubada por uma imensa ventania (cena ridícula) e choca-se com Paul Martel (Olivier Martinez), um francês vendedor de livros usados. Ela acaba seduzida por ele, e sem o menor esforço, tem início um tórrido caso de amor. Sexo no banheiro de um bar, ou no corredor do prédio do amante. Connie perde a cabeça, não é mais a mesma mãe e esposa.

O marido, Edward Sumner (Richard Gere), suspeita, e contrata um detetive. Na melhor cena do filme,  Edward vai até a casa de Paul e apresenta-se como o marido. Ele começa a fazer perguntas, e o rapaz ingenuamente as responde, até que o inevitável acontece. Qual poderia ser a reação de um marido traído, ao fazer perguntas íntimas ao amante de sua esposa?

Refilmagem do filme francês, A Mulher Infiel, é novamente o diretor Adrian Lyne se enveredando por thrillers de traição e teor sexual (como em Atração Fatal). Sensação de estar colocando mais água no feijão e requentando o gênero. Diane Lane muito bonita, mas a verdadeira representatividade do filme é o aparente marco, de uma nova fase, na carreira de Richard Gere que passa de galã a marido traído.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s