U-571 A Batalha do Atlântico

 

u-571U-571 (2000 – EUA)  estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Um submarino alemão está enfrentando problemas nas águas do oceano Atlântico, a tripulação aguarda ajuda para que se façam os reparos necessários. A inteligência americana planeja uma arriscada estratégia para roubar uma máquina de criptografia existente no submarino. O agravante é que teriam que roubá-la, sem os alemães percebam, caso contrário os códigos poderiam ser alterados e de nada valeria a manobra arriscada.

A equipe do comandante Mike Dahlgren (Bill Paxton) consegue seqüestrar o submarino e roubar a máquina, mas no momento em que estavam voltando ao seu submarino são atacados. Poucos conseguem refugiar-se no submarino alemão. Agora precisam passar pelos alemães, em um submarino alemão danificado, e levar a preciosa máquina para os EUA. Dahlgren morre e o subordinado Andrew Tyler (Matthew McConaughey) assume o comando do submarino e a responsabilidade pela missão.

O diretor Jonathan Mostow conseguiu transportar o público para dentro dos submarinos, cuidando de detalhes como água caindo o tempo todo nas cabines, e sinais de ferrugem e deterioração. Porém, o ponto alto são mesmo os efeitos sonoros, das explosões de bombas aos sons de movimento dos submarinos, tudo parece ocorrer a poucos metros de voce. Um roteiro módico, abarrotado de clichês e essas mirabolantes táticas de guerra, que poderia ter mudado os rumos da Segunda Guerra Mundial, que só Hollywood pode oferecer.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s