Corpo e Alma

Publicado: agosto 6, 2002 em Cinema
Tags:, , , ,

corpoealmaBody and Soul (1947 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Talvez o primeiro grande filme do mundo do boxe. O esporte radiografado pelo diretor Robert Rossen, abordando diferentes característica como a fama e o sucesso dos boxeadores, e principalmente a presença dos empresários, que ganham fortunas, enquanto os jovens brigam no ringue. A ganância e as farras que distanciam os deslumbrados jovens de suas famílias também são pontos de importante destaque. O protagonista é Charlie Davis (John Garfield), um boxeador amador campeão em sua categoria.

Jovem de família humilde, mas digna, vivem de uma pequena bombonière no bairro. Os sonhos idealistas de Charlie vão muito além do negócio dos pais, e incentivado por seu amigo Shorty (Joseph Pevney), ele tenta a sorte no boxe profissional. Seus pais sempre foram contrários a escolha do filho, mas após a morte do pai, num acidente, a mãe deixa de criticar sua escolha.

Seu talento desperta o interesse do empresário ganancioso (Lloyd Gough), e com sua ajuda Charlie consegue sagrar-se campeão. Durante toda sua trajetória, ele mantém o namoro com (Peg Lili Palmer), relacionamento desde sua época de amador. Eis a mudança de comportamento, aos poucos o dinheiro, a fama, o sucesso e o álcool transformam Charlie, seus valores já não são os mesmos. A ideia de casamento sempre adiada pelos treinamentos. A mãe, Peg e seu amigo Shorty não têm mais o mesmo peso em sua vida. A badalação e a perseguição de mulheres interesseiras fazem Charlie afastar-se de tudo e todos.

Lutas arranjadas, campeões forjados. O roteiro mira no mundo dos empresários, acusando até do descuido da integridade física dos lutadores. O formato revolucionário do filme revolucionário, foi copiado inúmeras vezes (por exemplo, no clássico de Scorsese, Touro Indomável), principalmente as cenas dentro do ringue, Rossen utilizou, em algumas cenas, os operadores de câmeras com patins para captar ângulos inusitados, criando assim um dinamismo absurdo à época.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s