De Caso Com o Acaso

 

decasocomoacasoSliding Doors (1998 – EUA/ING) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Muitas pessoas prendem-se nas suposições do, e se acontecesse isso, ao invés daquilo. E se eu escolhesse a opção A, diante da possibilidade de B. Decisões tomadas em momentos cruciais, que trariam destinos diferentes. O filme dirigido por Peter Howitt faz essa brincadeira, um simples atrasar pela manha e duas narrativas com caminhos diferentes após o metrô perdido. Helen (Gwyneth Paltrow) é nossa personagem-chave, ela quem sai atrasada de casa e numa das histórias consegue entrar no metrô, na outra não. Assim conhece o simpático James (John Hannah) e flagra o namorado (John Lynch) com a amante (Jeanne Tripplehorn). Na outra história, segue submissa e dependente do namorado que segue a enganando. O roteiro tenta provar que os destinos não mudam muito, seriam pequenas distorções que podem ser corrigidas mais adiantes. O simples fato de pegar, ou não, o metro, transforma Helen numa mulher diferente, seja no comportamento, seja no controle de suas oportunidades. É uma escolha pragmática, de um filme carente do excesso de clichês.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s