Um Lugar no Coração

 

Places in the Heart (1984 – EUA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Há pouco além da conexão familiar nas duas histórias paralelas que o filme aborda. Robert Benton carrega bem nas tintas do melodrama da trama de Edna (Sally Field), a mulher de fibra que na década de 30 assume o controle da fazenda após a morte do marido. Sem nem saber como assinar um cheque, ela entra de cabeça na plantação de algodão e na administração da fazenda. Garra e coragem são suas bandeiras, mas o filme não deixa de abordar o racismo e a inocência como temas importantes.

De outro lado, há a trama de Margarete (Lindsay Crouse), irmã de Edna, a cabeleira que sofre com a infidelidade do marido (Ed Harris) com sua melhor amiga (Amy Madigan). Essa parte do filme não  vai além de repetir clichês de outros filmes, sem nenhum atrativo ou diferencial. E facilmente poderia ter sido preterida, frente a poderosa presença de Sally Field e sua relação com Moze (Danny Glover) que diz ser especialista no plantio de algodão. É a atuação sofrida e contundente de Sally Field que carrega o filme, e mantém ainda mais distanciada a banalidade da trama sobre infidelidade. O resultado final é essa irregularidade onde as atuações se sobressaem ao todo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s