Ônibus 174

Ônibus 174 (2002) 

Tristeza! É uma tristeza profunda reviver os detalhes dessa tragédia em cadeia nacional, um retrato dos problemas sociais do país, mais particularmente do Rio de Janeiro. São mais de duas horas de documentário, dirigido por José Padilha, resgatando o episódio do seqüestro de um ônibus no jardim botânico. Durante horas e horas, a polícia tentou negociar a rendição do seqüestrador (Sandro) que ameaçava matar os reféns que ele matinha dentro ônibus. A inexistência de treinamento e a falta de equipamentos dificultaram o trabalho da polícia, que mostrou-se totalmente desqualificada para esse tipo de situação, além do excesso de amadorismo que juntos culminaram no trágico desfecho.

Padilha intercala as cenas do seqüestro (cenas de arquivo tensas de programas de tv), com depoimentos de policiais que participaram das ações, e depoimentos de familiares de Sandro, de amigos de rua,  e outras pessoas que o conheciam.  Tenta-se mostrar o passado e traçar um perfil psicológico de Sandro, que era sobrevivente da chacina da Candelária, e perdeu a mãe, tragicamente, ainda muito pequeno e na sua presença. Dessa forma, o documentário nos faz conhecer Sandro melhor. Desde sua saída de casa, alguns de seus delitos e o envolvimento com as drogas, trazendo um alto grau de humanidade para alguém que só seria visto como o sequestrador. São detalhes precisos de pesquisa em instituições onde Sandro foi preso, documentos, um estudo árduo que funciona de exemplo para tantos outros jovens com histórico muito parecido. Um retrato desolador culminando num final chocante digno de roteiros mirabolantes de Hollywood, mas ocorreu ali, em meio à multidão e as câmeras da tv transmitindo ao vivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s