Scooby-Doo

 scoobydooScooby-Doo (2002 – EUA/AUS) estrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Algumas produções já nascem com a certeza de sucesso, em outras palavras: grande bilheteria. Não há como errar é retorno garantido. Scooby-Doo é um bom exemplo, um desenho de enorme sucesso que atravessou várias gerações. Mas, bem que eles podiam ter caprichado um pouco mais nesse roteiro. Piadas batidas e sem criatividade, e um cão digital mal feito e artificial. A trama tem os famigerados Fred, Daphne, Velma, Salsicha e Scooby fundando a Mistérios S/A, e vivendo de resolver mistérios e prender os vilões. Os conflitos entre eles crescem com o passar do tempo, até que a separação fosse inevitável. Tempos demais, o dono de um Parque Temático, Mondavarious, convida-os, em separado, para descobrirem e explicarem um terrível mistério em sua ilha. Todos os jovens chegam sorridentes no

Se as animações digitais são meio toscas, as interpretações também não são o forte, exceção a convincente Linda Cardellini. Por exemplo, Freddie Prinze Jr não acertou no personagem egocêntrico, assim como Sarah Michelle Gellar como a patricinha. Duas ou três cenas um pouco mais divertidas, na melhor delas a disputa de sons entre Scooby e Salsicha. E quando o filme já parece ter perdido boa parte do público interessado, vem o final surpreendente, pena que já era tarde demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s