Casa Vazia – 28ª Mostra SP

Publicado: novembro 19, 2004 em 5 Estrelas, Cinema, Mostra SP
Tags:, ,

Esperava o manobrista buscar meu carro, quando, ao meu lado, aparece um rosto conhecido com uma leve barba branca por fazer. Olho mais atentamente e percebo tratar-se de Hector Babenco, que também esperava seu carro. Trajando jaqueta jeans e tenis branco (bem comum) com um buraco em cima do dedão de cada pé, fazia o ar “quero ser reconhecido sem ser incomodado.”

casavaziaCasa Vazia (Bin Jip, 2004 – COR)  estrelaestrelaestrelaestrelaestrela

Abusando da ousadia, tanto na estética, quanto na estrutura do roteiro, Kim Ki-Duk conta uma fábula romântica. Ele brinca com a realidade, cria uma metáfora poderosa, realiza uma obra linda. Um jovem (Hee Jae) vaga com sua moto, invade casas “vazias” (temporariamente ou não), e realiza  melhorias/consertos (lavar roupa, consertar uma balança, por exemplo) no tempo em que abusa da “hospitalidade”. Um hobby excêntrico ou um estranho estilo de vida.

Numa das casas não percebe uma mulher (Lee Seung-Yeon) fragilizada, ela o observa e acaba o acompanhando, à revelia do marido agressivo. Nasce um amor intenso, que sabemos não ser possível de ser vivido na vida real, mas que fica lindo na telona do cinema.

Mistura de sonho e realidade, ele não pronunciará uma palavra, mas suas manias se transformam em simbolismos que se transforma em sentimentos. É a força da imagem, dos gestos, um amor impossibilitado até se encontrar uma maneira de torná-lo possível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s