atameÁtame! (1989 – ESP) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Um Pedro Almodóvar em transição, um rito de passagem para uma nova fase. Nem tão extravagante e bizarro como no início da carreira, e nem tão intricado e delicado como na recente safra. Ata-me aposta uma deliciosa mistura de thriller e romance, ambos calcados no absurdo. É um filme que além de tratar do amor, em limites que só a ficção explica, aborda também essa classe da sociedade madrilenha que o cineasta sempre privilegia em seus filmes: os marginalizados entre o submundo de drogas, prostituição, travestis e violência.

Saído de um hospital psiquiátrico, Ricky (Antonio Banderas) vai atrás da mulher (Victoria Abril) por quem se apaixonou há um ano, uma ex-atriz pornô e ex-drogada que acaba de estrelar um filme de terror “B”. Querendo, a todo custo, fazer com que ela o ame assim como ele sente, Ricky sequestra Marina e a mantém encarcerada, dentro de sua própria casa, prometendo mantê-la assim até que o amor dela seja despertado. Por mais hediondo que possa parecer, Ricky é embuído de ingenuidade, perigosa, e ainda assim romântica. Almodóvar cria esse universo arquitetônico, sentimentalmente tão idealizado e definitivo, com esses flertes ao cômico e ao thriller, e o resultado é essa inesperada e inverossímil história de amor.

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s