Acossado

acossadoÀ Bout de Souffle (1960 – FRA) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela

Não é bem um filme de gênero, por outro lado é repleto de vitalidade. Personagens desglamourizados, e um humor leve, quase pueril. Vejamos Michel Poiccard (Jean-Paul Belmondo), um assaltante, um malandro, um fora-da-lei por excelência, um bandido pé-rapado e estiloso. Consegue ser uma figura despretensiosa, aos nossos olhos, ainda que a pretensão seja de suas características marcantes. Fala por excelência, despreza sem esmero, aquilo que não lhe interessa. Rude e direto, insistente, arrogante, apaixonado. Jean-Paul Belmondo exemplar, capaz de oferecer uma figura marcante conceitualmente, e também visualmente.

É estruturalmente um filme de perseguição, Michel Poiccard viajava a Paris, com um carro roubado, e mata um policial que o perseguiu na estrada. A policia investiga, o cerco se fecha a sua procura, ele é identificado. Enquanto isso, ele está atrás de um amigo que lhe deve dinheiro, e tenta convencer a norte-americana Patricia (Joan Seberg), a mulher que ama, a seu modo, a partirem juntos a Roma.

Há tantas delícias espalhadas pelo filme de estréia de Jean-Luc Godard que não é tarefa fácil recordar todas. Desde esse debut, suas referências artísticas espalham-se pelas cenas: cinema, música, literatura, sempre há uma citação, o pôster de um filme, um quadro ou um comentário musical, uma ida ao cinema. Há também todo um estilo em desenvolvimento, é verdade que aqui ainda em experimento, por isso Acossado é dos filmes mais retilíneos estruturalmente, em toda sua filmografia.

Porém, desde aqui, a história perde espaço à forma de se contar. A grande preciosidade de Acossado não são as perseguições, roubos de carro e coisas do gênero. Toda a engenhosa seqüência com Patrícia e Michel, no quarto de hotel, desnuda completamente o lado psicológico dos dois personagens. Entre longos takes e cortes brustos, cada ponto da discussão, cada ato e opinião, ou cada provocação sexual, descobrimos mais um pouco daquelas figuras distintas e ingênuas. Ele tão francês e enigmático, homem no significado mais chulo da palavra, e ela vinda de outra cultura, meio indecisa, meio fascinada, por aquele sujeito canastrão e charmoso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s