É Proibido Fumar

eproibidofumarÉ Proibido Fumar (2009) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Tudo ia bem, no filme de Anna Muylaert, o drama da solitária professora de violão (Glória Pires), que briga com as irmãs, por quem ficará com o sofá da tia de herança, é retrato de uma classe média pobre de espírito, sem ideais. Uma classe-média focada apenas em sua rotina cansada, de nenhuma emoção, e em busca dos clichês da sociedade (casamento, família, novela).

Chega o vizinho no apartamento do lado, pouco refinado, o cantor de churrascaria (Paulo Miklos), todo metido a boa lábia, engata um romance com a vizinha. A vértice musical une o casal, ela gosta de Chico, ele de Jorge Ben. O roteiro não empolgava, mas caminhava agradável. O ciúme dela, as visitas para depilação no salão de beleza, Muylaert pontuava bem seus personagens, até que resolveu aparecer com a ex-esposa. e dá dó ver o que vem a seguir.

O resultado é de uma fragilidade criativa decepcionante, o levemente agradável passa a incomodo, tendo o intuito de provar que o amor pode ser condescendente, pode ser compreensível, que perdoar não é necessariamente expressar verbalmente isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s