Não Me Deixe Jamais – Mostra SP #6

Publicado: outubro 31, 2010 em Uncategorized
Tags:, , ,

 Never Let Me Go (2010 – EUA)

Mark Romanek bem que se esforça, mantém os personagens fiéis à verossimilhança (em atos e comportamentos, a um simplesmente aceitar pois assim foram educados) que a história pede, ainda assim o esforço é em vão e a natureza passiva não consegue forças para oferecer a proximidade necessária para que as pessoas verdadeiramente se emocionem com o drama desses personagens marcados aos sofrimento, dor e morte. Culpa das interpretações apáticas de Keira Knightley e Andrew Garfield (esse principalmente que precisava ter um pingo de emoção naquele coração), por isso quando o filme não tem para onde correr, focaliza na Carey Mulligan. Tudo muito burocrático, monocromático, desde o tempo no colégio interno modelo britânico até a essa necessidade da tristeza pela tristeza que faz efeito contrário, afasta, ninguém está envolvido, aliás ninguém está achando realmente crível aquela história toda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s