Um Tiro na Noite

Publicado: maio 22, 2011 em Uncategorized
Tags:,

Blow Out (1980 – EUA)

Brian de Palma tem domínio total da imagem, aventura-se em ângulos pelo teto dos ambientes criando verdadeiras visões alongadas e sem dimensão de profundidade. Ao inserir um sonoplasta como protagonista, dá ao som uma importância crucial a sua história, o cara que capta o som de uma coruja é o herói a colocar a vida em risco em prol da justiça dos fatos. A trama envolve um político de prestígio, um acidente suspeito, uma série de investigações de um civil bisbilhoteiro e uma rede de intrigas políticas. Tudo regado ao suspense do discípulo de Hitchcock em sequências que primam pela atmosfera e não oferecem tanto cuidado assim com a encenação ou com a falta de ingenuidade. O esmero está nesse trabalho técnico, enquanto nosso técnico em som cuida dos detalhes para unificar som e imagem e ter a prova capital do acidente, de Palma desfila exuberante toda sua capacidade de nos envolver e envolver e envolver, ao ponto em que o “como vai ser mostrado” passa a ser mais importante do que o “no que vai dar”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s