Que Mais Posso Querer

Publicado: maio 25, 2011 em Uncategorized
Tags:,

Cosa voglio di più  / Come Undone (2010 – ITA)

E a Itália vai se especializando em dramas familiares, um cinema que há anos anda à deriva, buscando algum tipo de identidade e só sobrevive no cenário internacional de alguns poucos nomes e raros filmes que tragam alguma leveza. Enquanto isso vão se intensificando nesse tipo de drama de familias com orçamento reduzido, sempre levadas a pratica sexual extra-conjugal ou pouco recomendável à sociedade e algum drama que náo chega ao peso do Neo-Realismo, é, de alguma forma, nele que se espelha. Silvio Soldini é um dos nomes que ficou sua assinatura com esse tipo de cinema, naturalista, humano, familiar. Só que, dessa vez, seu filme é medíocre, é banal. Começando pelo mote, uma relação extra-conjugal onde nem mesmo as cenas de sexo ou de algum sentimento são filmadas com vigor. Está tudo implicito nas situações propostas, e isso é muito pouco (o próprio Soldini já fez muito mais). E o filme fica correndo nesse drama que infelizmente se repete a cada esquina, mulher entediada, homem de família, paixão, tesão, e um conjunto de cenas que se comprova isso tudo sem nada além.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s