Gatinhas e Gatões

Publicado: maio 27, 2011 em Uncategorized
Tags:,

Sixteen Candles (1984 – EUA)

Os nascidos na década de 70 sabem muito bem o que representou os filmes de John Hughes em sua geração (na verdade muitos da década de 80 também graças às reprises), eu que nasci no finalzinho dessa década peguei também a onda Hughes, numa segunda etapa, via Sessão da Tarde. Quantas tardes deixei (ou apenas atrasei) de ir jogar bola para assistir ao final de um dos filmes onde Hughes tão bem expunha essa conflitante relação adolescente x mundo. Imagine-se sufocado pelo casamento da irmã ao ponto da família esquecer seu aniversário de dezesseis anos, e esse não é o único drama de Samantha Baker (Molly Ringwald), sim porque nessa idade sempre estamos apaixonados por quem nem quer saber da gente ou nem sabe da nossa existência (seria só nessa idade mesmo?).

Hughes parte desse conflito para desenvolver uma série de personagem, que ninguém tão bem como ele soube dar vida no cinema. Porém, saindo da fórmula de sucesso do cineasta, extraindo toda essa contextualização de uma geração, temos um filme bem babaca, cheio de exageros no tom de humor (exagero chega a ser eufemismo). São alguns bons diálogos e os estereótipos marcantes que mantém esse filme vivo, parte da obra de alguém que soube dialogar com toda uma geração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s