American Graffiti (1973 – EUA)

George Lucas resume a geração jovem dos anos 60 numa única noite. Numa cidade da California, garotos e garotas perambulam por lanchonetes, paqueram nos semáforos, buscam aventuras, dançam no baile, é a efervescência dos hormônios, sem grande compromisso. A fase em que esses jovens devem deixar suas casas, e sua pacata cidade, e partir rumo à universidade, ao mundo gigante e desconhecido que os farão maduros (longe do convívio diário dos pais e amigos de sempre). Lucas oferece uma noite deliciosa e tola, com uma edição ágil e crucial à estrutura dinâmica de várias histórias se entrecruzando a todo o momento, há rachas, muita paquera, gangues, términos de relacionamento e muita azaração. A trilha sonora de clássicos (por exemplo, The Platters), o zigue-zague entre romantismo e galinhagem, praticamente um percussor de John Hughes, num carrossel de personagens e desencontros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s