Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres

Gainsbourg – Vie Heroique (2010 – FRA) estrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Não poderia ser mais pobre a cinebiografia desse ícone da música popular francesa dos anos sessenta. Polêmico, libertinoso, sensual, a vida do poeta judeu Serge Gainsboourg (Eirc Elmosnino) vem às telas sob a visão do cartunista Joann Sfar. Desse estilo, fábula em quadrinhos, criado por Sfar, o que melhor se salva é a fase criança, a relação com os pais e o amor/ódio pelo piano. Entra em cena um personagem imaginário do garoto, uma criação que mais parece sua consciencia mais perversa. E tal personagem flertará com ele (no filme) pelo resto de sua vida, da ascenção à destruição.

De resto, as grandes canções, as grandes mulheres e os casos amorosos, apenas caem como para-quedas e desaparecem como chuva da vida e do filme. A sensualidade das canções passa quase desapercebida, Juliette Gréco e Brigitte Bardot meras figurantes, só Jane Birkin consegue algum destaque. O que parecia impossível, Joann Sfar conseguiu perfeitamente, tirando os cigarros, a cinebiografia de Gainsbourg vem comportada e apática.

Anúncios

2 comentários sobre “Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s