Bom Trabalho

Bom Trabalho (Beau Travail, 1999 – FRA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

O interessante aqui não é a presença dos soldados da Legião Estrangeira em Djibouti e sua relação com os locais. Estamos diante do olhar de um homem (o sargento Galoup) revisitando fatos recentemente ocorridos e que mudaram fundamentalmente sua vida. Claire Denis filma basicamente corpos na paisagem desértica, porém a questão sexualidade fica oprimida pela virilidade, é no viril que a cineasta desenvolve todo o contorno das imagens. E nessa virilidade que surge o ciúmes do sargento, ele estranhamente começa a perseguir um jovem recruta, surge uma relação tensa. E se Denis fecha a história com leveza, antes expõe as ilimitáveis questões do comportamento humano e as alternativas possíveis diante do fracasso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s