Ganhar ou Ganhar – A Vida é um Jogo

Publicado: outubro 5, 2011 em Uncategorized
Tags:, ,

Win Win (2011 – EUA)

O cineasta Thomas McCarthy vem com o selo carimbado como um dos destaques da atual cena de cinema independente americano (que há pouco tempo parecia a salvação e agora já apresenta sinais de desgaste evidente, principalmente dos personagens losers), demorei a conhecer seu trabalho (antes ele realizou os elogiados Agente da Estação e O Visitante). E, pelo menos, neste novo trabalho não há nada de especial, apenas mais um filme dessa grife indie com personagens longe de serem vencedores. McCarthy deixa de lado as esquisitices, mergulha na família de um advogado (Paul Giamatti) praticamente falido, que ao tomar uma decisão, aparentemente inofensiva, ganha de presente um adolescente de 16 anos fugindo da mãe viciada em drogas.

Com uma óbvia conotação para a lição de moral, a narrativa segue óbvia e divertida, o suposto deliquentemente finalmente vivendo dias entre uma familia comum até que se descobre que o garoto é um prodígio lutador (cujo advogado é treinador e dedica suas horas vagas). Pronto, está formada a conexão, a história já tem o mote para unir o amargor da vida de cada um dos protagonistas e coadjuvantes, enquanto se preocupa com a ética e os bons costumes, com os exemplos e as decepções. É mais do mesmo, mas tem um gostinho doce no fundo.

 

comentários
  1. […] Ganhar ou Ganhar – A Vida é um Jogo, de Tom McCarthy […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s