Elena

Elena (2011 – RUS) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

O estilo cinematográfico de Andrei Zvyagintsev não é único, mas é claro, um cinema de dramas sóbrios, densos, personagens carregados pelos dramas da vida, tudo isso sem utilização do melodrama. Ao contrário, são sempre atuações intimistas, que trocam a explosão pelo silencio dos longos planos. E desta vez, Zvyagintsev corta seu filme em fatias, primeiro apresenta a casa, depois os personagens, insere o drama e cria o conflito, até finalizar com seu desfecho e a nova Ordem daqueles personagens.

A ex-enfemeira Elena (Yelena Lyadova) casou-se com um homem rico (Andrey Smirnov), os conflitos do casal estão sempre ligados ao auxílio financeiro dado aos filhos de cada um deles antes do casamento. Nasce uma discussão pós-socialismo soviético, carregado de igualdades que não necessariamente existem. Mas o tema maior é outro paternalismo, os limites da relação materna. Sem nunca acelerar, um segundo, em seu ritmo, Zvyagintsev nos leva às conseqüências da defesa da cria, sempre com seus tons cinzas/azuis, e a parcimônia de quem tem as rédeas da narrativa em suas mãos, entregando novamente um drama rigoroso e casto.

Anúncios

Um comentário sobre “Elena

  1. Pingback: Festival do Rio 2012 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s