J Edgar

Publicado: fevereiro 16, 2012 em Uncategorized
Tags:, , ,

J Edgar (2011 – EUA)

Clint Eastwood é um cineasta sóbrio e quadradão, sua cinematografia foi formada com coerência numa série de personagens e histórias que apontam um EUA de pequenos ou grandes heróis (sejam eles justiceiros ou não). E nesse quadro, traçar a biografia de J. Edgar Hoover, o mentor e homem forte por trás do FBI por 48 anos. Se há algo realmente de muito bom é a demonstração de envelhecimento de um personagem, quando jovem um idealista, visionário, que praticamente inventou os métodos de investigação, sempre focando no científico. Quando mais velho, tornando-se um perseguidor de congressistas e de “comunistas” negros como Martin Luther King e sua turma.

J Edgar (Leonardo DiCaprio) decide narrar sua biografia, mote para o filme trazer os flashback’s dessa vida que se mistura a alguns dos criminosos mais famosos dos EUA. A narrativa é equilibrada, os motimentos de câmera parecem desvendar cada cena. Ainda assim, mesmo com o discreto apelo homossexual, o filme peca por um excessivo tom sereno e um exagero melodramático em sua parte final. A coisa é excessivamente mecanica, o tom muito formal e solene, e falta emoção. Qual a necessidade de Naomi Watts num papel insignificante e da maquiagem carregada para envelhecer os atores quando poderiam ter sido utilizados outros de idade adequada.

comentários
  1. D disse:

    De certo! A Naomi aqui foi realmente um desperdício…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s