Spartacus

Publicado: abril 4, 2012 em Uncategorized
Tags:, ,

Spartacus (1960 – EUA)

Creio que já seja sabido por todos os ocorridos nos bastidores desse filme, produzido por Kirk Douglas, ele demitiu o diretor no início do projeto e contratou Stanley Kubrick (com quem trabalhara em Glória Feita de Sangue). E, sem dúvida, é um filme em que a mão de Kirk Douglas está mais que presente, Kubrick parece preso ao formato, filma cenas épicas como muitos também fariam, não dá para reconhecer muito do cineasta que faria filmes inesquecíveis no futuro. Resumindo, um filme sob media para o brilho de uma pessoa: Kirk Douglas.

A história é entretenimento puro, misturando cenas de lutas com jogos políticos e um romance açucarado. Spartacus, de escravo a líder de uma revolução que quase derrubou o Império Romano, as cenas de batalha envolvendo uma enormidade de figurantes são algo indescritível. A história de Spartacus é cinematográfica e digna realmente dos tempos do Império Romano, e ainda há essa pequena beleza envolvendo a virilidade de um gladiador, de mãos grandes, tocando suavemente (e às escondidas), as mãos de sua amada, enquanto esta lhe serve um pouco de água. Como se a propaganda política do pão e circo tomasse a tela, voltasse realmente aos tempos do Império Romano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s