Cashback

Cashback (2006 – ING) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Sean Ellis realizou apenas mais um filme com alma indie sobre as desventuras do amor. Foi só isso. A melancolia está lá, a veracidade dos sentimentos, o lado loser, é mais um filme sobre o tema e pronto. E pela repetição de temas perdemos boa parte da graça. Já vimos esses personagens em tantas variações da mesma história. O detalhe está no que vai além do formato, e se o roteiro é bem esperto em alguns dois ou três momentos. Mas, Ellis peca muito por personagens bobocas e essa excessiva autoafirmação do mundo indie de losers.

O garoto tomou um “pé na bunda” da namorada e agora sofre de insônia (o filme representa perfeitamente essa luta contra o tempo, cada segundo que mais parece uma eternidade), não consegue estudar (estudante de belas artes, quer ser pintor). Sua vida entra nesse ciclo vicioso que decepções amorosas nos sequestram. Tentando matar o tempo arruma emprego noturno num supermercado. É óbvio que desse sofrimento virá a redenção (afinal essa dor profunda passa, sempre passa), até aí tudo justo, o personagem é cativante, a pena está nos coadjuvantes tolos, desde o melhor amigo aos colegas de trabalho. É a leveza pop da dor da perda e uma série de piadinhas tolas para completar o gênero comédia romântica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s