Antes que o Mundo Acabe

Antes que o Mundo Acabe (2009) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

A história cerca Daniel (Pedro Tergolina), um adolescente de 15 anos vivendo numa pequena cidade do interior gaúcho, embora a narração fique a cargo de sua meia-irmã mais nova. A opção traz um ar de fofura, quase de não entendível, tudo se encerra com um “culpa dos hormônios”.  Formato que a branda a explosão particular dos dramas do garoto, que de repente se vê dentro de uma disputa pelo coração da namorada e com um pai ausente querendo estabelecer contato.

A diretora Ana Luiza Azevedo foca na passividade, observa os garotos à beira do rio, o comportamento agressivo e irritadiço de Daniel e com diálogos simplórios e um pouco no modus-operantes de uma cidade interiorana movida a bicicletas tenta resgatar o impacto de filmes sobre a juventude como As Melhores Coisas do Mundo. O rito de passagem dos jovens em busca de cidades maiores, de faculdades mais consagradas (e, claro, de descobrir o que vai além daquelas pequenas ruas pacatas) transforma-se em insignificante quando as primeiras desilusões amorosas batem à porta, o filme fica tão brando em seus temas (com excesso da fofura narrativa) que facilmente pode-se considerá-lo sombra de Houve uma Vez Dois Verões de Jorge Furtado (que aliás é roteirista aqui).

Anúncios

8 comentários sobre “Antes que o Mundo Acabe

  1. Ana Luiza Azevedo é parceira de Furtado há algum tempo. Eu achei lindo esse filme. Enfim… Aliás, vc viu que Furtado está de volta aos curtas? hehehe

    Curtir

  2. Passou no Cine PE. Foi até premiado.
    Mostra Competitiva de Curtas-Metragens

    Melhor Filme: Até à Vista (Diretor: Jorge Furtado)
    Melhor Diretor: Thais Fujinaga (Filme: L)
    Melhor Roteiro: Jorge Furtado (Até à Vista)

    Curtir

  3. O filme tem um sotaque e uma contextualização bastante regional, mas um tema universal. Como você acha que ele será recebido fora do Brasil ou mesmo em outros estados brasileiros: como um filme sobre a juventude de um determinado lugar ou como um filme sobre a juventude?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s