Histeria

Hysteria (2011 – EUA/ING/LUX/FRA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Você já conhece a velha frase do “Baseado em fatos reais.” abrindo os créditos iniciais dos filmes. A ênfase com o “realmente”, logo após a informação de história verídica, dá esse tom fofo de diversão despretensiosa. E essa é a tônica, os figurinos de época retratando a Londres do século XIX, e a rebuscada maneira nos tratos sociais são apenas a camada frágil revestindo o filme, que pouco (ou nada) ousa, além do tema inusitado. Afinal, relatar como foi inventado o vibrador, não deixa de ser bastante inusitado.

Curioso que naquela época julgava-se pela medicina a “histeria” feminina como uma doença acometendo 50% das mulheres. O tratamento seria uma espécie de massagem pelas regiões íntimas, no intuito de se buscar alívio, e alguma tranquilidade para as que apresentasse esses sintomas de ansiedade, inquietude, até comportamentos mais agressivos. E os médicos acreditavam piamente (segundo o roteiro) que aquilo não oferecia prazer às mulheres, a ingenuidade masculina vem mesmo de longa data.

Enfeitar um assunto polêmico até que estivesse palatável a “quase” toda a família é a forma como a cineasta Tanya Wexler resolveu enquadrar seu filme de época. O tom de comédia vem bem a calhar, até mesmo na superficialidade de seus personagens. Há a moça de família preparada com as qualificações para gerir uma casa, o dócil e polido cavalheiro de futuro profissional promissor, o pai preocupado com a etiqueta e os melhores arranjos sociais e a mulher rebelde e feminista, instável e humana.

Esse conjunto de estereótipos de filme de época está longe de ser tratado com o requinte de um Orgulho e Preconceito, ou, ao menos, capazes de transmitir as emoções do romance que se sugere ou da humanidade explosiva a qual Maggie Gyllenhaal e Hugh Dancy gostariam de imprimir a seus personagens.

Anúncios

Um comentário sobre “Histeria

  1. Pingback: Festival do Rio |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s