O Terror do Coelho

Rabitto Horâ 3D / Tormented (2011 – JAP) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Takashi Simizu flerta entre o onírico e o assustador, desde a primeira cena. O sangue espirrando quando a pedra atinge aquele coelho, tão branquinho, aparentemente tão inocente, poderia resumir bem essa junção. O coelho de pelúcia passa a atormentar o garoto, mas nunca fica claro o que é realidade, e o que poderia ser sonho, já que os desenhos do seu pai também fazem parte da “imaginação”. A irmã mais velha é a única que parece acreditar, que tenta salvar o irmão, a todo custo, dessa “perseguição”.

A beleza com que Shimizu utiliza a flor que se perde pelo vento, com o 3D, chega ao fabuloso, os pequenos pontos brilhantes deixam a tela para tomar conta de todo o cinema. A história parece se enrolar um pouco entre suas surpresas e mistérios, por mais que Shimizu saiba conduzir seu filme, dar ritmo. Fora, o mais importante num filme de terror, a atmosfera. Sensação do que de melhor temos, não está no filme, e sim, fora dele, seu diretor, por mais que esse mérito não deveria ser tão grande, já que o resultado final é essa coisa “meio interessante, meio burocrática”.

Anúncios

7 comentários sobre “O Terror do Coelho

  1. Acabei de assistir esse filme agorinha pouco em um dos canais do HBO, aproveitando que HBO tá com sinal aberto gratuitamente acho que só até hoje à noite, dei sorte, eheheheh. Legal o filme, nem imaginava que se baseava em alguma lenda urbana de assombração lá do Japão (pelo menos no final diz que se baseia).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s