Repercussão: Veneza 2012 – dia #3

O austríaco Ulrich Seidl sempre causa estardalhaço, mas seus filmes dificilmente agradam a alguém. Se bem que, dessa vez, elogios moderados para o filme que faz parte da trilogia Paradise (o anterior esteve em Cannes este ano), ‘Paradise Faith’ está na competição principal e trata de uma católica fervorosa lutando contra seus desejos, inclusive uma relação libidinosa com a figura de Cristo.

Críticas: Screen DailyCine-VueThe Playlist

Termômetro: de olho

‘At Any Price’, de Ramin Bahrani, faz parte da mostra competitiva, e é um dramalhão sobre um pai (Dennis Quaid) fazendeiro de milho geneticamente modificado que deseja que um de seus filhos se interesse pelos negócios da família. A relação principal é com o filho que sonha em ser piloto (Zac Ephron) da Nascar. Duvidando que possa sair algo interessante dai, e a crítica anda dizendo isso. Zac Ephron apanhou bastante da crítica.

Críticas: Hollywood ReporterThe Playlist – Screen Daily

Termômetro: nem a pau

O falatório do dia ficou por conta de Spike Lee que vem a Veneza, fora de competição, com seu documentário comemorando os 25 anos da gravação do célebre disco de Michael Jackson. ‘Bad 25’ tem imagens dos bastidores de gravação e entrevistas com figuras como Sheryl Crow e Martin Scorsese. Além das referências do cantor pop, manias, um prato cheio para fãs de MJ, todo mundo parece ter aprovado.

Críticas: The TelegraphThe GuardianScreen Daily

Termômetro: de olho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s