Chamada a Cobrar

Chamada a Cobrar (2012) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Quem não conhece alguém que recebeu o telefonema dizendo que seu filho (a) sofreu um acidente, para, logo a seguir ser informado que ele (a) foi sequestrado? E, no fim, era apenas um golpe, um trote, uma tentativa desumana de extorquir dinheiro da ingenuidade de uma situação. Anna Muylaert traz ao cinema a encenação dessa situação, uma mãe (Cida Almeida) burguesa-arrogante, enfrentando o desespero que cega. Um filme tenso, do início ao filme, sobre alguém desesperado, e completamente fora de si. Muylaert não cobre todas as arestas do roteiro, mas consegue o mais relevante, que é te deixar com os nervos à flor da pele e expor esses absurdos do nosso cotidiano de um mundo cão.

Anúncios

2 comentários sobre “Chamada a Cobrar

  1. Pingback: Que Horas Ela Volta? |
  2. Pingback: Mãe Só Há Uma |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s