Rio Grande

Publicado: dezembro 3, 2012 em Cinema
Tags:, ,

riograndeRio Grande (1950 – EUA)

Em mais de um western de John Ford, o humanismo e o lado patriótico estão privilegiados na história do pelotão liderado pelo Cel Kirby Yorke (John Wayne), designado a combater indíos à beira do Rio Grande, na fronteira com o México. Entre os novos recrutas, seu filho, quem aparece para demovê-lo é a mãe (Maureen O’Hara) que se separou do coronel por ele ter seguido ordens militares que prejudicaram sua família.

O ritmo de Ford é austero e firme, compassado, a relação pai e filha fica posta de lado em detrimento da hierarquia militar, a relação do ex-casal aponta um afeto que não foi bem resolvido com a separação. E a vida no front se divide entre esses dois lados, o ressuscitar de um amor, e a a linha tênue entre proteção e profissionalismo entre pai e filho. Tudo isso dentro da marca do cineasta, deslocando seu western para tintas próximas do drama romântico, ainda assim carregado de senso de justiça (intimamente ligado ao recruta procurado pela polícia).

comentários
  1. Essa é a Maureen O’Hara, não é? Linda! Saudades dos filmes do Ford.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s