O Rei de Nova York

Publicado: dezembro 26, 2012 em Cinema
Tags:,

oreidenyKing of New York (1990 – EUA)

De cara, Abel Ferrara apresenta seu protagonista como um sujeito estiloso, pop, temido. Frank White (Christopher Walken) é um daqueles caras que passam e os demais prendem a respiração para não o incomodarem. Gangsters, protagonista no submundo do tráfico de Nova York, saindo da prisão quer retomar seu posto, quer ser prefeito.

Cultuado por muita gente, o filme surge como uma proximidade cansada de Taxi Driver. Ferrara tem seu estilo, cru, cruel, cirurgicamente sanguinário. Mas todo esse estilo não remete a muito além de mais um filme de subgênero, ainda ecoando o cinema dos anos 80 (infelizmente, marcado pela pobreza gráfica e criatividade reduzida). Colocar White num pedestal, para depois, terminar com a cena emblemática no táxi, não surgiu, aos meus olhos, com esse poder revigorante e alucinante que a tantos causa delírio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s