Reality – A Grande Ilusão

realityReality (2012 – ITA/FRA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Já se sabe do fascínio mundial pelo Big Brother, pessoas confinadas numa casa, fingindo comportamentos e almejando o carinho do público para ganhar uma bolada. A possibilidade de se tornar uma celebridade instantânea, de um desconhecido para alguém reconhecido pelas ruas. Essas coisas mexem com a cabeça das pessoas, afinal, quantos milhares não se inscrevem tentando uma vaga na “casa”.

Matteo Garrone rascunha um breve estudo sobre esse fascínio, a expectativa de estar entre os escolhidos, estrelato, fama, dinheiro… Luciano (Aniello Arena) praticamente enlouquece, se vê perseguido por pessoas da produção à paisana, como se estivessem Reality2o testando. É interessante o grau de loucura do sujeito cheio das tramoias, renegando sua vida a uma esperança.

Filmando bem próximo aos atores, com fotografia suja, Garrone apresenta uma Itália conhecido do público, mas essencialmente de gente pobre e simples. As famílias falantes e que se intrometem nas vidas de todos, o jeito latino de dar “jeitinho” em algumas situações, e essa entrega ao “pão e circo” que desde Roma Antiga consegue hipnotizar o grande público. Pena que o cineasta, ao final, sucumba e se entregue ao mundo de fantasia de seu personagem, acreditando na própria ilusão que criou.

Anúncios

Um comentário sobre “Reality – A Grande Ilusão

  1. Pingback: O Conto dos Contos |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s