A Princesa e o Plebeu

aprincesaeoplebeuRoman Holiday (1953 – EUA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Conto de fadas com os papéis invertidos. Aqui é a princesa (Audrey Hepburn) quem se apaixona por um “pé-rapado” (Gregory Peck). Do tédio da vida real, ao caindo pela sarjeta nas ruas de Roma, eis apenas uma ponta do iceberg que William Wyler teima em transformar em comédia. Necessária muita boa vontade para comprar a ingenuidade com que se desenrola essa relação.

Começando pelo jornalista que não reconhece a princesa noticiada em todos os meios de comunicação, passando por todas as confusões e chutes na canela promovidos para manter o segredo. Wyler vive do óbvio, não se aproveita de Roma, apenas do humor físico. Assim fica fácil, basta narrar o amor e colocar alguém derrubando coisas, falta graça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s