Renoir

renoirRenoir (2012 – FRA) estrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Gilles Bourdos se preocupa bastante em equiparar a fotografia ao estilo de pintar de Renoir (Michel Bouquet), em transformar cada cenário num típico cenário dos quadros do mestre impressionista, esquece de fazer o filme. Uma musa (Christa Theret) nua servindo de modelo, Renoir com dores nas mãos e a volta do filho (Vincent Rottiers) da guerra (o cineasta Jean Renoir), tudo isso narrado de forma tão sol ta e leve que não tem a menor representatividade.

Um grande desperdicio da relação pai-filho, da insinuação de um triangulo amoroso, dos últimos dias de vida do pintor e das razões que levaram Jean Renoir se tornar cineasta. Os temas passam pela frente de Gilles Bourdos e ele vai, simplesmente, perdendo chances e mais chances.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s