Repercussão: Cannes 2013 – dia #2

Publicado: maio 16, 2013 em Festivais no Radar
Tags:, , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

A primeira exibição de filmes da competição ocorreu ontem à noite, e hoje a abertura oficial das demais mostras paralelas. Dia de filmes elogiados, mas nenhum que o frisson fosse geral (quer dizer, na sessão noturna sim, mas esse só tem no post de amanhã). O italiano Salvo abriu a Semana da Crítica, e aparentemente passou em branco. Mas calma, o festival está apenas começando.

________________________________________________________________

THE BLING RING

theblingring

Sofia Coppola parte de um artigo da Vanity Fair sobre um bando de jovens, se aproveitando das redes sociais para assaltar mansões de celebridades em Hollywood (Paris Hilton, por exemplo). Mais um capítulo de seus estudos de juventude x solidão? Cheirando a cult para um público mais jovem.

Críticas: The Guardian – Little White Lies – Film Comment

Termômetro: de olho

________________________________________________________________

HELI

heliComeçou apanhando da crítica no Twitter, logo após a sessão de ontem à noite. Depois, algumas críticas um pouco mais animadoras. Basicamente, um filme chocante do mexicano Amat Escalante, com muitas cenas de violência explícita enquanto aborda o eterno tema do tráfico de drogas. Comentários o situam entre Reygadas, Brillante Mendoza e o toque sádico de Anticristo (Lar Von Trier). Parece que muitos abandonaram a sessão, foi o primeiro da Mostra Competitiva.

Críticas: HitFixUOL Cinema – Little White Lies

Termômetro: morno

________________________________________________________________

JEUNE ET JOLIE

Young and Beautiful aka Jeune et Jolie film stillO outro competidor da mostra principal foi François Ozon. Contando a história de uma jovem que da primeira experiencial sexual, num romance de verão, parte para a prostituição de luxo, vivendo uma vida-dupla escondida de sua família. Os comentários falam de mais um filme de  Ozon com elegância, porém um Bela da Tarde adolescente.

Críticas: Cine-VueScreencommentLittle White Lies

Termômetro: de olho

________________________________________________________________

THE CONGRESS

thecongressEntre a animação e o live-action, e com uma história bem inventiva, está de volta Ari Folman a Cannes. Abriu a Quinzena dos Realizadores e transformou várias estrelas do cinema em personagens animados, com Robin Wright estrelando seu filme, e novamente agradando a maioria. Bom humor e um mundo onde atores precisam se tornar animações para manter suas carreiras.

Críticas: HitFixRoger Ebert – IndieWire

Termômetro: de olho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s