Repercussão: Cannes 2013 – dia #6

Publicado: maio 20, 2013 em Festivais no Radar
Tags:, ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vaios e aplausos nunca passam de um indicativo, no fim o que vale mesmo é a decisão do pequeno e heterogêneo corpo de jurados. Tentar adivinhar o que se passa na cabeça de Steven Spielberg e sua turma é a missão que muitos tentam cumprir, um pouco de perda de tempo, não? Mas, especular é uma diversão.

Hoje foi dia de muitos astros, como James Franco e Alec Baldwin, ou de um Keanu Reeves divulgando seu primeiro trabalho como diretor num filme sobre kung-fu. Foi dia de Johnnie To, que sempre guarda seus fãs, foi dia de Guillaume Canet filmando seu primeiro trabalho nos EUA (com repercussão dividida).

__________________________________________________________________

SHIELD OF STRAW

straw-shields_2567844bE a competição agora teve seu filme vaiado, com fervor, dessa edição. O japonês Takashi Miike veio a Cannes com a historia de um milionário oferecendo uma recompensa aos que pegarem o assassino e estuprador de sua neta. Não agradou a ninguém, aliás a pergunta maior é como esse filme foi parar na competição principal, em declaração nem o diretor entendeu.

Críticas: Awards Daily – VarietyCine-Vue

Termômetro: nem a pau

__________________________________________________________

OMAR

omarMais um filme sobre a questão Palestina, mas os elogios são tão entusiastas ao novo filme de Hany Abu-Asad (diretor de Paradise Now) que fica dificil não se animar em assisti-lo logo. Pelos comentários, foi o filme da Un Certain Regard que roubou a cena dos filmes da competição hoje.

 

Críticas: VarietyO Globo – UOL Cinema

Termômetro: quero ver

___________________________________________________________________

SEDUCED AND ABANDONED

seduced-and-abandoned-01Interessante é o documentário Seduced and Abandoned, do diretor James Toback. Ele e Alec Baldwin estiveram em Cannes em 2012 supostamente tentando conseguir financiamento para um filme, sem estrelas. Tudo não passave de um documentário sobre o quanto os astros e o marketing se tornaram mais importantes do que o conteúdo dos filmes.

Críticas: UOL Cinema – VarietyThe Guardian

Termômetro: de olho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s