Arquivo de maio 26, 2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

E o juri presidido por Steven Spielberg conseguiu premiar os filmes mais elogiados pela imprensa este ano. Poucos levantarão injustiças, se é que alguém levantará. Sobrou até surpresa para o cinema mexicano que abriu o festival causando alvoroço com a violência do filme, mas depois ficou com críticas medianas. O que importa é que o único favorito, o mais eogiado, foi escolhido como melhor filme, e, desde já, promete ser um dos melhores filmes do ano.

Competição Principal – Premiados:

Palma de Ouro: Blue is the Warmest Color, de Abdellatif Kechiche

Grande Prêmio: Inside Llewyn Davis, de Joel and Ethan Coen

Prêmio do Juri: Like Father, Like Son, de Hirokazu Kore-Eda

Melhor Diretor: Amat Escalante, por Heli

Melhor Roteiro: A Touch of Sin, de Jia Zhang-ke

Melhor Atriz: Berenice Bejo, por The Past de Asghar Farhadi

Melhor Ator: Bruce Dern, por Nebraska de Alexander Payne

 Camera d’Or: Ilo Ilo, de Anthony Chen

Anúncios

Este slideshow necessita de JavaScript.

Neste sábado foram apresentados os últimos filmes em competição e também os premiados na mostra Un Certain Regard. Agora é só aguardar amanha a premição e conhecer quem será o vencedor da Palma de Ouro (acompanharei no twitter, provavelmente). O favoritismo é todo para o franco-tunisiano Abdellatif Kechiche (que ganhou o premio FIPRESCI hoje). O Juri Ecumenico premiou The Past, do iraniano Asghar Farhadi.

Premiados Un Certain Regard:

Filme: L’Image Manquante, de Rithy Panh

Premio do Juri: Omar, de Hany Anu-Assad

Direção: Alain Guiraudie, por L’inconnu du Lac

Interpretação: elenco de La Jaula de Oro, de Diego Queimada-Díez

Future Award: Fruitvale Station, de Ryan Coogler

_________________________________________________________

THE IMMIGRANT

????????????Não foi aquela ovação, mas o filme de James Gray agradou boa parte dos jornalistas. Marion Cotillard interpreta uma imigrante chegando aos EUA na década de 20, fugindo da Europa da Primeira Guerra Mundial e encontra um Joaquin Phoenix que “agencia” prostitutas, mas acaba se apaixonando por ela. 

Críticas: Little White Lies –Twitch Film – UOL Cinema

Termômetro: quero ver

_________________________________________________________

ONLY LOVERS LEFT ALIVE

onlyloversleftJim Jarmusch está de volta, dessa vez contando a historia de vampiros, ex-amantes, que não se encontravam a mais de sessenta anos. E revivem histórias, antigos vampiros célebres, uma nostalgia vampiresca. Tilda Swinton e Tom Hiddleston são os vampiros entre a melancolia e humor, critica gostou com moderação.

Críticas: The Guardian –UOL Cinema – Cine-Vue

Termômetro: de olho

 _________________________________________________________

LA VENUS A LA FOURRURE

venus-in-furRoman Polanski traz novamente o teatro ao cinema, e dessa vez não precisou mais do que dois atores, um diretor de teatro realizando testes para a protagonista de sua nova peça. São eles Emmanuelle Seigner e Mathieu Amalric, e um roteiro sobre insinuações sexuais e o poder da dominação.

Críticas: UOL Cinema –The Guardian – Otros Cines

Termômetro: de olho