O Truque do Pastor

otruqeudopastorLe Coup du Berger (1956 – FRA) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

Mais interessante que o produto final são as características de um trabalho pré-Nouvelle Vague. Época de Jacques Rivette e alguns de seus companheiros de Cahiers du Cinéma se aventurarem por detrás das câmeras, primeiramente em curta-metragens. Rivette brinca com as táticas de uma mulher infiel que ganha um presente do amante e tenta “justificá-lo” ao marido, como num jogo de xadrez. A leveza, a inocência, o puro da Nouvelle Vague que vinha surgindo de uma inspiração por ideias conjuntas, uma visão de cinema além de um produto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s