O Grande Golpe

Publicado: outubro 13, 2013 em Cinema, Domingo de Clássicos
Tags:

ograndegolpeThe Killing (1956 – EUA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

O grande destaque é a inovação de uma cronologia não-linear, e da narrativa sob diferentes pontos de vista (essas idas e vindas influenciaram muitos filmes e diretores). Em seu segundo trabalho, Stanley Kubrick adapta o livro Clean Break de Lionel White, sobre um inesperado assalto ao jóquei clube. Enquanto os planos são afinados e se desenrolam, Kubrick estuda, mais proximamente, alguns personagens chaves na trama, trazendo charme, ou, ao menos, classe ao plano todo.

Com seu ar de filme noir e essa possibilidade de visões multifacetadas do mesmo fato, além de um plano arquitetado milimetricamente, Kubrick envolve o público com o suspense e essa abordagem mais ampla de atrair o público com alguns dramas pessoais (principalmente da mulher interesseira e o marido paspalhão), por mais que abuse de diálogos didáticos, que explicam desnecessariamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s