Instinto Materno

Child_sPosePozitia Copilului / Child’s Pose (2013 – ROM) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Uma espécie de visita do cinema romeno ao Dogma 95, a câmera na mão está sempre em movimento enquanto os personagens dialogam, contam de seus problemas. O diretor Calin Peter Netzer ainda guarda muito dessa onda romena, na forma dos enquadramentos, no trama de poucos elementos, mas capaz de explosões poderosas.

Haverá um acidente repercutindo na família, foco central da trama, e tal fato mudará completamente as relações e a vida de cada um deles. Mas o filme não é exatamente sobre o acidente, e sim sobre a mãe de um dos envolvidos. Cornelia (Luminita Gheorghiu) é aquela mulher superprotetora, do tipo que sufoca a todos. De tal forma que mais afasta do que se aproxima do filho, quando ele precisa de ajuda, é com a tia que vai falar.

Mas mãe é mãe, é ela quem toma a frente, que se descabela e assume o controle da situação. Tempos de crise suscitam outros problemas, de um iceberg surge outro. Familia é assim, briga internamente, mas para os outros parece um diamante impenetrável. Netzer constrói essa relação com poucos elementos, cheio de frieza e distanciamento, mas com toda a humanidade e fragilidade que um ser humano pode carregar. E nisso, a sequencia final é arrasadora, da fala descontrolada e desesperada, da reação da “vítima”, das lágrimas que correm por cada um daqueles olhos.

Anúncios

2 comentários sobre “Instinto Materno

  1. Pingback: 37ª Mostra SP |
  2. Pingback: Ana, Meu Amor |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s