Cine Holliúdy

cineholliudyCine Holliúdy (2012) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

O pequeno fenômeno não conseguiu o mesmo resultado avassalador pelos cinemas fora do Nordeste. O filme de Halder Gomes se tornou a maior bilheteria da história das salas de cinema do Ceará, exibido com legendas em português (afinal, entender o cearense, falado entre eles, rapidamente, não é tarefa para qualquer um). Conquistou o público e quem mais se atreveu a descobrir essa história singela, brasileiríssima, e que não deixa de ser uma homenagem ao cinema.

Nos anos 70 começa o processo de invasão, dos aparelhos de tv, nas casas dos brasileiros. É o fim das salas de cinema, nas cidades grandes, em todos os bairros. No interior do Ceará havia exibições mambembes, o cinema ia às pequenas cidades causando comoção na população. O filme trata da pureza ingênua de quem acredita no sonho, com o humor puro, e a força do jeito cearense (arretado e joiado).

Numa pequena sala escura, um filme de porrada qualquer, e o máximo possível que se poderia formar de uma plateia heterogênea, e tipicamente cearense. Basta se render ao entusiasmo de Francisgleydisson (Edmilson Filho) e se divertir, pura e simplesmente.

Anúncios

Um comentário sobre “Cine Holliúdy

  1. Pingback: Top 5 – 2013 – Cinema Nacional |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s