tango_libreTango Libre (2012 – FRA) estrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinzaestrela_cinza

Ainda não acreditando no final dessa comédia pastelão dirigida por Fréderic Fonteyne. Um dos roteiristas é a própria atriz que interpreta Alice (Anne Paulicevich), a mulher cobiçada pelos três homens da trama. Dois presidiários e um dos guardas do presídio dividem o coração da desengonçada que ama dançar tango.

O filme demora em se assumir como pastelão, preferindo um tom mais feel good com toques do indie americano (François Damiens é um loser típico dos indies). Afinal, um bando de [presidiários ensaiando tango nas horas livres. Essa indecisão de tom de Fonteyne, além dos caminhos estapafúrdios do desfecho naufragam o clima simpático, de filme medíocre, porém que beirava o agradável.

comentários
  1. Jorge disse:

    Michel Simões,me admira sua sagazidade em saber se um filme é excepcional ou não.Quais são os seus critérios?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s