Viver é Fácil com os Olhos Fechados

Vivir-es-fácil-con-los-ojos-cerradosVivir Es Facil con los Ojos Cerrados (2013 – ESP) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

O triunfo arrebatador no Goya, do filme dirigido por David Trueba, (entre outros prêmios ganhou filme, diretor, roteiro e ator) não deve resultar num grande sucesso fora dos domínios espanhóis. A ternura exagerada na narrativa (baseada em fatos reais) traz ao filme uma perigosa proximidade com a fábula (que, aparentemente, não era a intenção de Trueba), de modo a contradizer com outros temas centrais, como libertação e ditadura militar.

Em 1966 John Lennon vai à Espanha filmar, How I Won the War. Um professor de inglês (Javier Camara), fanático pelos Beatles, parte num road movie, atrás de se encontrar com Lennon. Pelo caminho encontra dois jovens, Belén (Natalia de Molina) de 20 anos, e Juanjo (Fracesc Colomer) de 16 anos. Help e Strawberry Fields Forever são alguns dos instrumentos que o solteirão, tão doce e simpático que só nos livros de literatura, divide com os dois jovens um pouco de sua vivência, enquanto se aproveita da juventude para extrapolar seus sonhos.

É muito bonito no papel, porém Trueba não desenvolve tão bem tantas possibilidades de libertação, de descobertas. Fica tudo amarrado ao paternalismo do doce protagonista, que parece travado entre a efervescência de sua mente e seu comportamento controlado. Singeleza demais e liberdade de menos a seus personagens.

Anúncios

Um comentário sobre “Viver é Fácil com os Olhos Fechados

  1. Pingback: 38ª Mostra SP |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s