Oldboy

Publicado: junho 24, 2014 em Cinema
Tags:,

oldboyOldboy (2013 – EUA) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Sou daqueles sempre contra essa história de realizar remakes, a torto e a direito. Refilmar grandes filmes recentes, porque os americanos não assistem filmes estrangeiros, é um desserviço ao cinema, além de nunca resultar em nada além da cópia de uma ideia (fez bem Michael Haneke que em Violencia Gratuita redirigiu seu próprio filme, refazendo frame a frame).

Onde há Spike Lee na versão americana no clássico moderno coreano? Talvez apenas nos erros. Começando por transformar Joe Doucett (Josh Brolin) num alcoolatra, ou de contar a história dos EUA (nos últimos 20 anos) como se fosse a história do mundo, sempre olhando apenas para seu próprio umbigo.

Os elementos que fizeram Oldboy se tornar cult estão todos lá, desde o guarda-chuvas, até o bolinho chinês ou o martelo. Porém, os elementos apenas não conseguem representar nada se mal utilizados. Resultado é um filme sem vida, uma história de vingança e violência que perde todos os traços do estilo que Park Chan-wook cria com maestria em sua obra-prima.

Por mais que o roteiro faça várias pequenas alterações na história, principalmente no final (que termina sem o romantismo e o conceito oriental), são mudanças que apenas diluem o poder do formato do filme original. Outra prova que mais dinheiro não é nem capaz de reciclar ideias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s