Bem Perto de Buenos Aires

bempertodebuenosaires

Historia del Miedo (2014 – ARG) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

O grupo de personagens orbita num condomínio de casas, ao redor de Buenos Aires, cercado por grandes áreas verdes. Isolam-se para se proteger. O jovem diretor Benjamín Naishtat, primeiro longa após alguns curtas premiados em Cannes e Roterdã, trata do medo. Ele é o personagem central, o conjunto de personagens que se interrelacionam são apenas joguetes capazes de criar as mais diversas formas de medo.

Dedsde os moradores burgueses do condomínio, até as empregadas domésticas e seguranças, todos protagonizam pequenos (e sinistros) momentos capazes de causar pânico. O homem nu (na foto) que aparece no pedágio, os apagões de energia elétrica, o medo de perder um ente querido. Naishtat filma com traços de uma atmosfera de terror, lembra a narrativa de Juliana Rojas e Marco Dutra, onde a sensação é de um mal maior prestes a acontecer.

Enquanto a crítica a burguesia é clara, o medo gerando medo, suas “esquetes” vivem mais do argumento que da realização em si. Naishtat tenta filmar o sentimento, consegue oferecer apenas parte das vibrações almejadas.

Anúncios

4 comentários sobre “Bem Perto de Buenos Aires

  1. Pingback: Indie 2015 |
  2. Pingback: O Movimento |
  3. Pingback: Festival do Rio 2014 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s