Festival do Rio 2014

Festival-Do-Rio2014Ontem foi a festa de abertura, com O Sal da Terra (documentário de Juliano Ribeiro Salgado e Wim Wenders sobre Sebastião Salgado), e a partir de hoje começam as sessões para os cinéfilos. Serão 2 semanas de outra safra bem interessante de filmes que serão lançados em breve, ou tiveram grande destaque nos festivais deste ano. Tempo de maratonas, correr atrás de ingressos, montar programações, e lamentar os filmes que não vieram (parte dos ausentes farão parte da Mostra SP, outros não).

Como dito, a safra é diversificada, filmes dos mais aguardados do ano. Continua com uma presença respeitável dos filmes mais “pop”, além de se tornar a plataforma de lançamento dos principais filmes nacionais do ano. Se minhas estatísticas não falharam, são quase 80 filmes dos principais festivais fazem parte da programação. Este post ficará fixo até o final do festival, atualizado com links para textos dos filmes vistos, que estiverem na programação, Segue abaixo destaques e considerações de acordo com os festivais mais prestigiados:

Sundance:

  • Ida [Pawel Pawlikowski] – rodou muitos festivais o ano todo com destaque no boca-a-boca
  • Frank [Lenny Abrahamson]
  • Cold in July [Jim Mickle]
  • Life Itself – A Vida de Rober Ebert [Steve James]
  • The Skeletons Twins [Craig Johnson]
  • Os Mais Jovens [Jake Paltrow]
  • Kumiki [David Zellner]
  • Nick Cave – 20.000 Dias na Terra [Iain Forsyth eJane Pollard]
  • Whiplash – Em Busca da Perfeição [Damien Chazelle] – grande vencedor de Sundance 2014
  • A Most Wanted Man [Anton Corbijn]
  • Pescando Sem Redes [Cutter Hodierne]

Berlim:

  • Carvão Negro [Diao Yi’nan] vencedor do Urso de Ouro
  • Boyhood: Da Infância à Juventude [Richard Linklater] – dispensa comentários
  • Jornada ao Oeste [Tsai Ming-Liang]
  • Bem Perto de Buenos Aires [Benjamin Naishtat]
  • 71 [Yann Demange] – destaque na competição
  • Stations of the Cross [Dietrich Brüggemann] – destaque na competição
  • A Terceira Margem [Celina Murga]
  • Massagem Cega [Lou Ye]
  • Catedrais da Cultura 3D [Wim Wenders, Michael Glawogger, Michael Madsen, Robert Redford, Margreth Olin e Karim Aïnouz]
  • Stratos [Yannis Economides]
  • Aloft [Claudia Llosa]

Cannes:

  • Mapa para as Estrelas [David Cronenberg] – melhor atriz em Cannes para Julianne Moore
  • Timbuktu [Abderrahmane Sissako] – grande destaque na competição
  • Maidan – Protestos na Ucrânia [Sergei Loznitsa] – passou fora da competição, causou impacto
  • Mr. Turner [Mike Leigh] – melhor ator em Cannes para Timothy Spall
  • Pessoas-Pássaro [Pascale Ferran] – destaque Un Certain Regard
  • Uma Garota à Porta [July Jung]  – destaque Un Certain Regard
  • National Gallery [Frederick Wiseman] – destaque Quinzena dos Realizadores
  • Mommy [Xavier Dolan] – prêmio do Juri
  • Jimmy’s Hall [Ken Loach]
  • O País de Charlie [Rolf de Heer]
  • Bande de Filles [Celine Sciamma] – destaque Quinzena dos Realizadores
  • O Sal da Terra [Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado]
  • Te Peguei Dormindo Nicole [Stéphane Lafleur]
  • Exército Vermelho [Polsky Gabe]
  • Incompreendida [Asia Argento]
  • The Disappearence of Eleanor Rigby [Ned Benson]
  • El Ardor [Pablo Fendrik]
  • Xenia [Panos Koutras]
  • Ao Seu Lado [Asaf Korman]
  • Party Girl [Marie Amachoukeli,Claire Burger, Samuel Theis]
  • Coma Seus Mortos [Jean-Charles Hue]
  • Aleluia [Fabrice Du Welz]
  • Um Dia Difícil [Seng-Hun Kim]
  • Corrente do Mal [David Robert Mitchell]
  • Água Prateada, um autorretratro da Síria [Mohammed Ossama]
  • Fantasia [Chao Wan]
  • Mais Sombrio que a Noite [Sebastiano Riso]
  • Titli [Kanu Behl]
  • Gente de Bem [Franco Lolli]
  • Coming Home [Zhang Yimou]

Rotterdã:

não acompanhei a repercussão do festival, por isso não sei se há outros filmes em destaque. Tres filmes foram eleitos o melhor filme, dois deles estão na programação

 Locarno:

Veneza:

  • Amnésia Vermelha [Xiaoshuai Wang] – destaque da competição
  • Contos Iranianos [Rakhshan Bani E’Temad] – destaque da competição
  • Manglehorn [David Gordon Green]
  • Falando com Deus [Guillermo Arriaga, Emir Kusturica, Amos Gitai, Mira Nair, Warwick Thornton, Hector Babenco, Bahman Ghobai, Hideo Nakata, Alex de la Iglesia]
  • O Preço da Glória [Xavier Beauvois]
  • Corações Famintos [Saverio Costanzo]
  • Burying the Ex [Joe Dante]
  • Só Deus Sabe [Josh Safdie, Ben Safdie]
  • O Presidente [Mohsen Makhmalbaf]
  • The Humbling [Barry Levinson]
  • Três Corações [Benôit Jacquot]
  • O Ciúme [Philippe Garrel] – da competição de 2013
  • Dente por Dente [Kim Ki-duk]
  • Metamorfóses [Christophe Honoré]

Nova York:

San Sebastian:

  • Coração Mudo [Bille August]
  • Ar Livre [Anahí Berneri]

Outros Filmes:

__________________________________________________________________________________________________________________

Mostra SP:

Quem olha essa lista e se pergunta: sobrou algum filmes para a Mostra SP? Calma, sobrou sim, É verdade que com a excluvisidade, a acirrada disputa entre os 2 festivais tem dividido os destaques do ano, com isso quem perde é o público. Mas, mesmo com a extensa lista do Festival do Rio, sobrou ainda muitos filmes que podem (ou não estar presentes na programação do festival paulistano). Segue abaixo alguns exemplos:

  • Winter Sleep [Nuri Bilge Ceylan] – Palma de Ouro em Cannes
  • Force Majeure [Ruben Ostlund] – dos filmes mais comentados do ano, passou em Un Certain Regard – Cannes
  • Goodbye to Language [Jean-Luc Godard] – prêmio do Juri em Cannes
  • Leviathan [Andrey Zvyaginstev] – destaque da competição principal de Cannes
  • Jauja [Lisandro Alonso] – destaque na Un Certain Regard
  • Two Days, One Night [Jean-Pierre and Luc Dardenne] – outro destaque da competição de Cannes
  • From What Is Before [Lav Diaz] – melhor filme em Locarno
  • The look of Silence [Joshua Oppenheimer] – Grande Premio em Veneza
  • Fidelio L’Odyssee D’Alice [Lucie Borleteau] – destaque da competição em Veneza
  • The Postman’s White Night [Andrei Konchalovsky] – destaque da competição em Veneza
  • Relatos Selvagens [Damian Szifron] – destaque em Cannes, confirmado na Abertura da Mostra SP
  • Le Meraviglie [Alice Rohrwacher] – grande premio em Cannes
  • A Pigeon Sat On A Branch Reflecting On Existence [Roy Andersson] – Leão de Ouro em Veneza
  • Tribe [Myroslav Slaboshpytskiy] – melhor filme da Semana da Crítica – Cannes
  • Li’l Quinquin [Bruno Dumont] – Cannes
  • White Dog [Kornél Mundruczó] – melhor filme Un Certain Regard
  • She’s Funny That Way [Peter Bogdanovich] – retorno do diretor, passou em Veneza
  • Pasolini [Abel Ferrara] – Veneza
  • O Velho do Restelo [Manoel de Oliveira] – Veneza
  • Tsili [Amos Gitai] – Veneza
  • La Chambre Bleue [Mathieu Amalric] – Cannes
  • Still the Water [Naomi Kawase] – Cannes
  • Phoenix [Christian Petzold] – San Sebastian
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s