E Agora? Lembra-me

Publicado: outubro 2, 2014 em Cinema
Tags:,

eagoralembrameE Agora? Lembra-me (2013 – POR) estrelaestrelaestrelaestrelaestrela_cinza

 

Um caderno de memórias de peito aberto. Joaquim Pinto trabalhou como técnico de som em importantes filmes do cinema português, há alguns anos contraiu vírus da hepatite C e da AIDS. Acabou de afastado do cinema. Coragem e desprendimento total da preocupação com julgamentos de terceiros, retorna ao cinema dirigindo este documentário autobiográfico.

É de uma exposição melancólica e bela. Joaquim Pinto permite que a câmera invada completamente sua vida e intimidade. Detalhes dos tratamentos, da relação com seu companheiro e os cães, ou com amigos. Pinto narra suas lembranças, sensações, as opiniões surgem sofridas e límpidas, carregadas de sinceridade de quem está escrevendo um diário.

Há tantas formas de se contar uma história, Pinto realiza um resgate de sua vida de forma modesta e tão capaz de estabelecer conexões com seu público (pelo amor carnal, à vida, por suas convicções que naturalmente pontuam o documentário), que sua dor é sentida aqui, como se fosse um novo amigo querido.

Anúncios
comentários
  1. […] E Agora? Lembra-me, de Joaquim Pinto […]

    Curtir

  2. […] Garrone e Moretti) ou aqueles que causaram elogios (como o novo dos diretores portugueses de E Agora? Lembra-Me, ou do dinamarquês que dirigiu O Ato de Matar), ao longo do ano, pela crítica internacional […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s