Melodia Infiel

melodiainfielMélo (1986 – FRA) estrelaestrelaestrelaestrela_cinzaestrela_cinza

Um dos maiores concatenadores das artes no cinema, Alain Resnais, trazendo teatro às telas num melodrama romântico sobre amizade e infidelidade. Um dos amantes é músico (André Dussollier), e é no primeiro diálogo, cheio de citações sobre diversas artes que ela (Sabine Azéma) se apaixona por ele, mesmo tendo o marido (Pierre Arditi) ao lado.

As tintas pesadas do melodrama conduzem o caminho dos personagens, seja no amor vivido sob o peso da traição, seja na cegueira do traído apaixonado pela espos. Até culminar na fatalidade, na incapacidade de lidar com o amor de dois homens. Resnais complementa com musica, e com sua elegância habitual, se o filme está longe da inventividade de seus poemas filmados (do início de carreira) ou da contundência de suas críticas à guerra, por outro lado há aquele sabor refinado de acompanhar um mestre nos conduzindo pela história viva, aquela pulsante que toma nossos corações quando menos se espera. A beleza desse filme está na continuidade do trabalho de seu diretor.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s