O Segredo das Águas

osegredodasaguasFutatsume no Maedo/ Still the Water (2014 – JAP) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Com uma beleza exuberante, Naomi Kawase filma o mar. Enorme ondas de um colossal azul celeste. O som do vento, das árvores, os elementos sensitivos, da natureza, ganham posição de protagonista. Kawase gosta de lírico e dessa proximidade com a natureza. Seu retorno aborda religião, morte, sexo, e a visão adolescente do convívio numa ilha tropical japonesa.

Xamãs, a celebração da morte. Por meio de outro filme que deixa de lado o ritmo, em detrimento dos aspectos sensitivos, Kawase desenvolve a relação de dois jovens, com seus pais, com suas descobertas, entre eles. Um assassinato abre o filme, mas personagens e fatos acabam abandonados, em prol de sua preocupação com essa exuberância azul. A beleza individual é inegável, o todo é ainda irregular e calcado por sua poesia pungente.

Anúncios

Um comentário sobre “O Segredo das Águas

  1. Pingback: 38ª Mostra SP |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s