Cássia Eller

cassia

Cássia Eller (2014) estrelaestrelaestrela1_2estrela_cinzaestrela_cinza

Lá se vão treze anos desde que Cássia Eller se foi. O trabalho do diretor Paulo Henrique Fontenelle se presta a uma homenagem a cantora, entrevistando figuras emblemáticas na vida de Cássia (namoradas, amigos de trabalho, a mãe), com um amplo leque de imagens de arquivo (pessoal ou de programas de tv). Homenagem esta que caberia muito bem num especial qualquer de tv, seu filme é pobre cinematograficamente, totalmente apoiado no peso de seu documentado.

A Cássia tímida, retraída, e também explosiva, apaixonante. As entrevistas apenas exaltam a pessoa maravilhosa de Cássia, transformando numa figura tão magnífica que duvido a própria aprovasse. Seu lado direto, meio moleque, a irreverência, o sorriso no rosto, se misturam com a história narrada de forma cronológica e momentos importantes da carreira, como a gravação do Acústico e o show no Rock in Rio.

Seu lado espontâneo, a coragem de tomar à frente de decisões importantes, a Cássia dócil que fascinava os amigos surge mais forte do documentário. Nando Reis parece bastante abatido ao falar da amiga, a grande companheira Eugênia (que cuida do filho de Cássia até hoje) mostra um ar mais austero. No resumo, é um filme para reviver o legado de Cássia, de forma quase nada elaborada, ainda assim com seus momentos bem emocionantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s